x
Publicado 20/10/2016 19:26:44

Churrasco em família, situação de alerta para os pets

O calor pede um belo churrasco ao ar livre, cercado de amigos e cheio de petiscos suculentos. O cenário pode ser convidativo para você, mas é um perigo para seu cão.

Fique ligado em algumas dicas para começar a temporada oficial dos churrascos sem acidentes!

Churrasco não é comida de cachorro

Hambúrgueres, linguiças e asinhas de frango fazem parte do cardápio de qualquer churrasco, mas não são alimentos que devem ser oferecidos a animais.

Em razão do alto teor de gordura, é preciso ser cuidadoso com aquilo que oferece ao seu animal de estimação durante as refeições. Estes produtos podem causar inflamações no pâncreas (pancreatite), enquanto pedaços de ossos são capazes de perfurar a boca dos pets, além de obstruir a garganta, estômago e intestinos.

As espigas de milho, apesar de parecerem inofensivas, também guardam perigos. No calor do momento, muitos cães acabam ingerindo não só os grãos do milho, mas também o sabugo. O alimento, assim como os ossos, pode causar bloqueios e perfurações.

O álcool nunca deve ser oferecido aos cães e gatos, é extremamente tóxico e, mesmo em quantidade pequena, pode ser muito perigoso. Esteja certo de não deixar nenhuma bebida alcoólica ao alcance dos animais.

Não deixe restos e objetos ao alcance das patas

Nas tardes divertidas sob o sol, é bem fácil esquecer-se de manter as coisas limpas e arrumadas – mas se você tem um pet em casa, isso é fundamental.

Certifique-se de guardar corretamente papel alumínio, plástico filme, espetos e outros itens essenciais para seu churrasco, assim como os restos de comida. Animais de estimação adoram caçar “tesouros” com cheirinho de gordura, mas por acidente podem ingerir pedaços de papel alumínio ou se machucar com espetos.

Respingos de gordura pelo chão podem camuflar pedras ou galhos, e os cães podem mastigá-los por engano. Use sempre uma bandeja para conter o gotejamento e manter a gordura longe do chão.

Só porque o churrasco acabou não significa você pode deixar o cão à vontade perto da churrasqueira. Isso porque ela continua incrivelmente quente por muitas horas depois do banquete.

Caso a churrasqueira tenha tampa, use-a e não dê chance para que o peludo coma os restos deixados na grelha e queime suas patas por acidente.

Siga essas dicas e tenha uma ótima diversão!

http://www.neonpetshop.com.br/