x
Publicado 08/01/2017 21:25:22

Casos de cálculo renal tendem a subir no verão; saiba evitar

Tão importante em qualquer estação do ano, a hidratação do corpo é um hábito crucial para evitar a incidência de um problema de saúde que chega a aumentar em 20% durante a estação mais quente do ano.

Chamado popularmente de pedras nos rins, o famoso cálculo renal acontece com mais frequência nesta temporada devido à falta de água no organismo, que é desencadeada pelo aumento da transpiração, e à consequente diminuição da quantidade de urina. Afinal, ao ter menos líquido para filtrar e eliminar as impurezas, o rim facilita o surgimento de pequenos grãos de sais que se juntam, gerando todo o incômodo.

Quem sofre com a disfunção renal costuma sentir uma dor aguda e repentina na região lombar, que é aparece de forma unilateral, podendo ser acompanhada, inclusive, de sangue na urina, vômitos e febre.

Por isso, nos dias mais quentes, a recomendação principal é beber muita água, além de investir em alguns cuidados especiais, como reduzir a quantidade de sal da alimentação e o consumo de queijos amarelos, salgadinhos, temperos, molhos prontos, conservas e bolachas, que contribuem para a formação do cálculo. Além disso, vale a pena apostar em frutas (laranja, tangerina, melão e limão), sucos e no leite, que têm ácido crítico e ajudam na prevenção.

Com essas medidas, é possível fazer com que a urina fique com o aspecto mais transparente e a recorrência do problema, que acontece em 50 a 80% dos casos, diminua. 

https://saude.terra.com.br/