x
Publicado 11/11/2016 17:38:43

Beber de estômago vazio realmente te deixa mais bêbado?

Depois dos primeiros porres, você já deve ter ouvido a afirmação básica dos bêbados: “você passou mal porque bebeu de estômago vazio”! Mas será que isso é mesmo verdade?

A ingestão de bebidas alcoólicas com o estômago vazio realmente potencializa seus efeitos por aumentar a absorção do álcool. Aliás, o hábito de beber sem comer antes também é prejudicial para o seu estômago. Se o álcool for tomado em jejum, ele chega antes à corrente sanguínea e precipita seus efeitos, que podem atingir o clímax entre 30 minutos e 2 horas depois do consumo.

Em vez disso, quando se bebe depois de comer, os efeitos secundários do álcool se minimizam. A maior parte do álcool é absorvida pelo intestino delgado, para onde passa rapidamente quando ingerido de estômago vazio, provocando um pico elevado de concentração no sangue. Mas se, ao contrário, bebe-se com o estômago cheio, o álcool é absorvido lentamente porque o esvaziamento gástrico demora mais e o pico de concentração no sangue é mais moderado, tornando-se menos tóxico para o organismo.

Se você quer beber e reduzir os efeitos colaterais de um porre, faça uma refeição baseada em cereais, leguminosas, hortaliças, proteínas magras e frutas antes de começar a beber. E se você já ouviu alguém dizer que comer comidas gordurosas é a melhor opção para segurar a bebedeira, pode esquecer. Alimentos tipo fast-food ou ricos em gorduras dificultam a digestão e podem provocar aquela sensação horrível de estômago estufado e enjoo. A última e mais importante recomendação é aquela que os experientes no assunto já sabem: quando beber, intercale as doses de álcool com pequenas doses de água. Assim, você garante sua hidratação e evita qualquer complicação futura – também conhecida como “ressaca”.

http://manualdohomemmoderno.com.br/