x
Publicado 24/05/2017 17:09:51

Alerj: Deputados estaduais dão aval para Pezão taxar previdência de servidores em 14%

Proposta de Pezão foi aprovada com 39 votos

Os deputados da Assembleia Legislativa do Rio (Alerj) aprovaram o aumento da contribuição à Previdência dos servidores estaduais do Rio, em uma discussão na tarde desta quarta-feira. Foram 39 votos a favor e 26 contra.

A elevação da contribuição de 11% para 14% foi aprovada e entrará em vigor em 90 dias. Uma emenda do PDT determinou que a a medida só será válida quando os salários forem pagos.

Mais cedo, não houve acordo entre membros da oposição na Alerj, deputados da base governista e secretários que fazem parte do governo de Luiz Fernando Pezão sobre um possível escalonamento do aumento da contribuição à Previdência por parte dos servidores.

Foi proposto, em reunião entre os líderes dos partidos que começou às 12h, que o percentual de 3% fosse dividido pelos próximos três anos. A opção foi descartada, e o texto que será votado vai prever uma aplicação imediata do aumento de 11% para 14%.

Há registro de confusão durante o protesto de servidores em frente à Alerj contra o aumento da alíquota previdênciária, no Centro do Rio. Manifestantes tentaram entrar no Palácio Tiradentes, sede da Alerj, que foi cercado com grades, e a polícia revidou. Bombas de efeito moral foram jogadas, e houve muita correria.